terça-feira, 26 de outubro de 2010

Gueixa


Gueixa ("pessoa de artes") são mulheres tamurianas que estudam a tradição milenar da arte da sedução, dança e canto. A palavra geiko é usada para descrever as gueixas. Gueixas eram muito comuns até a queda de Tamu-ra, e existem atualmente em menor número. Em no idioma do reinado a grafia é Gueixa, em Tamurano a palavra é "Geisha" com a mesma pronúncia.
As gueixas não tem relação com a prostituição, as gueixas entretem  por meio da cultura e das tradições, não pelo sexo. No entanto, logo após a chegada em Nitamura algumas gueixas se tornaram prostitutas, o que prejudicou a imagem delas, deturpando o conceito.

Para se tornar uma gueixa, primeiramente, é preciso,  que quando ainda criança ou adolescente, ingresse numa casa onde só viviam gueixas (oki-ya), comandadas por uma mulher (okami-san) já experiente, geralmente uma ex-gueixa. Estas casas se localizavam em comunidades só de gueixas (hanamachi, lê-se "ranamáti"), prevalecendo o poder feminino, ao contrário do que acontecia no resto de Tamura.

As aprendizes (maiko) eram, desde crianças, especiais, isto é, eram consideradas crianças muito inteligentes e de beleza rara. Elas ingressavam na oki-ya fazendo trabalhos domésticos, como limpeza das casas, lavagem das indumentárias etc, para depois, quando adolescentes, começarem seu rigoroso treinamento para se tornar uma gueixa. Muitas destas crianças eram vendidas por suas famílias para estes estabelecimentos, em raros casos a adolescente ingressa por decisão própria, não sendo muito aceita pela sociedade por isto.

Elas aprendiam as artes da dança, pintura, caligrafia, música, dicção, etiqueta, acrobacias, interpretação teatral e tinham que estudar muito, até atingirem uma perfeição, possuindo uma formação privilegiada das demais mulheres tamurianas. As gueixas eram as únicas mulheres de Tamu-ra que possuíam a oportunidade de alcançarem uma independência, por nunca casarem e nem terem ocupações domésticas, dedicando-se inteiramente à profissão. Outra peculiaridade é o fato de poderem ter filhos, e serão privilegiados somente os do sexo feminino, ao contrário de toda Tamu-ra.

Além de toda a formação intelectual, elas tinham de ter uma aparência impecável: vestiam kimonos cheios de adornos, que pesavam muitos quilos, uma maquiagem que cobria todo o rosto de branco (oshiroi), usavam tamancos de madeira (zori) e tinham que estar sempre alegres e com postura delicada.

As casas onde viviam eram sustentadas por um homem rico e, muitas vezes, casado - o danna. Geralmente esta figura possuía uma gueixa como amante, mas o fato de esta ter contato íntimo com algum homem era raro.

Elas são mulheres contratadas por homens poderosos e milionários para entretenimento e atração em festas, reuniões, jantares, e o objetivo delas era tratar seus clientes muito bem, proporcionando momentos de prazer, com boas conversas, para que este descontraísse e se sentisse inteligente. Elas os seduziam com sua beleza, dotes artísticos e encantamento. Cada momento com gueixas pode custar uma fortuna. É um mundo privado, misterioso e para poucos.

 Nova Classe básica Gueixa
Características

Pré-requisitos: Mulher treinada em uma casa de gueixas.
Pontos de Vida: começa com 12 Pontos de vida + mod. de constituição
Pericias Treinadas: 8 + mod. de Int
Pericias da Classe: Percepção, Iniciativa, Atuação, Furtividade, Intuição, Diplomacia, Atuação (Todos), Obter informação, Oficios (arte e profissão), Conhecimento (História, Local, nobreza).
Talentos adicionais: Vontade de ferro, Usar armas Simples, Aparência Inofensiva

Nível
BBA
Habilidades de classe
1
+0
Sedutora, Foco em pericia Atuação
2
+1
Técnica de Gueixa
3
+2
Talento
4
+3
Foco em pericia Atuação
5
+3
Técnica de Gueixa
6
+4

7
+5
Talento
8
+6
Foco em pericia Atuação
9
+6
Técnica de Gueixa
10
+7
Pupila
11
+8

12
+9
Foco em pericia Atuação
13
+9
Técnica de Gueixa
14
+10

15
+11
Talento
16
+11
Foco em pericia Atuação
17
+12
Técnica de Gueixa
18
+13

19
+14
Talento
20
+15
Foco em pericia Atuação, Casa de chá

Sedutora: Você sabe seduzir pessoas. Recebe um bônus de circunstancia de +2 nos testes de diplomacia e  nos testes de atuação.

Técnicas de gueixa: Você pode escolher uma das habilidades abaixo cada vez que recebe essa habilidade. Cada habilidade pode ser pega somente uma vez.
Furtividade Rápida: Podes se mover silenciosamente mesmo com seus deslocamento normal.
Maestria em pericias: Escolha um numero de pericias treinadas igual a 1 + mod de inteligência. Usando essas pericias você pode escolher um 10 mesmo quando em perigo ou sob pressão.
De pé: Você pode ficar de pé com uma ação livre ao invés de uma ação de movimento.
Fascinar:   Como a habilidade musica de bardo (Pag 49 do tormenta RPG)
Sugestão: Como a habilidade musica de bardo (Pag 49 do tormenta RPG)
Fascinar em Massa: Como a habilidade musica de bardo (Pag 49 do tormenta RPG
Massagem Revigorante: Suas massagens e carinhos com o seu cliente aumentam a regeneração de ferimentos ao estimular os pontos de pressão do corpo. Somente pode ser usada uma vez por dia em cada personagem. Você faz uma massagem por 1 hora, e ele cura 1d6+nível da gueixa (max5) alem do que curaria após um dia de descanso.
Massagem Revigorante Ampliada: Sua massagem passa a curar 2d6 + nível da gueixa  Pré-requisito: Massagem Revigorante.  

Casa de chá: Você é uma gueixa renomada. A partir desse nível, você já tem recursos e poder o suficiente para ter sua própria casa de chá.  

Pupila: a partir desse nível você passa a treinar discípulas para se tornarem gueixas. Funciona como se fosse o talento liderança. Mas o seu aprendiz tem 4 níveis a menos que você.


Base da pesquisa: http://tatuagem.com.br/tattoo/significados-das-tatuagens/645-gueixa.html
http://www.imotion.com.br/imagens/data/media/71/7036gueixa.jpg

7 comentários:

  1. Boa descrição e pesquisa, eu conhecia pouco sobre gueixas, bem legal.

    Quanto a classe, não sei se existia tal necessidade, uma variante da classe bardo com a maioria das "técnicas de gueixa" postas como opção a "música de bardo" bastava. Mas é só minha opnião. Mecanicamente está boa, não há o que reclamar.

    O talento pode ser qualquer talento?

    ResponderExcluir
  2. Muito Legal Fernando, gostei das descrição até lembrei do filme Memorias de uma Gueixa.

    Só que no meu ponto de vista acho que não seria necessario uma Classe Basica, acho que uma variação do Bardo ou uma Classe de Prestigio seria uma boa.
    Aguardo novos materiais o/

    ResponderExcluir
  3. Só uma dica, ao invés de por foco em perícia, põe uma variante da habilidade de monge, que dê +5 em Atuação e +5 em outra perícia a cada 5 níveis, ficando +20 no vigésimo nível.

    ResponderExcluir
  4. eu decidi criar como classe basica pra pdms. Não acho que nenhum jogador iria querer jogar com isso e poucas jogadoras teriam o interesse.

    ResponderExcluir
  5. Eu também acho que funcionaria melhor como uma classe de prestigio para bardo. Mas gostei bastante

    ResponderExcluir
  6. Realmente ficou mais uma classe pra PdMs. A parte descritiva ficou boa.

    Mas se fosse uma gueixa fodona acho que funcionava como Cdp pra Bardo sim.

    O que achei pouco atraente pra Pj é que enquanto um mago salva o universo no 20o nível elas ganham uma "casa de chá". Ai realmente complica alguém querer jogar com a classe... XD

    ResponderExcluir
  7. Arton nunca deu a devida atenção à Tamu-ra e sua cultura e vejo que você tem feito um bom trabalho aqui no blog detalhando um povo tão rico e com um potencial tão grande pra opções de jogo e até material descritivo e teórico.

    Parabéns, continue o bom trabalho!

    ResponderExcluir