sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Modelos como Classes 1

Ganhando um modelo no meio da campanha.
Por sean k. Reinolds
Tradução por Fernando Brauner

O jogo Dungeons And Dragons 3.5 oferece uma ferramente muito poderosa para customizar personagens e monstros: modelos. Quem nunca quis jogar com um meio-dragão, losisomem ou vampiro? Modelos fazem isso facilmente para criar aquele personagem, e o livro dos monstros aproxima que ajuste de nível de poder que dá ao mestre da catacumba aproximadamente o nível de poder que o personagem possui. Com essa informação, o DM pode decidir se aquele personagem com aquele modelo é muito poderoso ou muito fraco para se juntar a um grupo de aventureiros jah existente.

Mas e se um personagem estabilizado ganha um modelo no meio da campanha? Muitos dos modelos apresentados no Livro dos Monstros são adquiríveis, de forma que um personagem pode ganha-los no curso da campanha. O que acontece se seu ranger de 1° nível for atacado por um licantropo, ganhar o modelo homem-javali, e então saltar de ADN 10 para ADN 12? Inesperadamente seu ranger é mais poderoso que os outros PCs, e balancear os encontros se torna muito mais dificl para o DM. Um encontro que desafie os aliados do ranger seria fácil para ele, e um que o desafiaria poderia ser mortal para seus aliados. Esse desbalanço também pode causar inveja a outros jogadores ou ressentimento sobre o personagem com o modelo. Felismente essa é a solução.

O savage Species traz dúzias de monstros existentes no Livro dos Monstros e as apresenta como classes de personagem – assim, ele quebra os benefícios dos monstros em níveis e os apresenta em tabelas avançadas. Assim um jovem ogro (ADN 1) poderia se juntar a um grupo de aventureiros de 1 nivel, e ganhar níveis com seus amigos. Depois de se tornar um ogro completo (o ogro tem ADN 6) ele começa a ganhar níveis de classe como o resto dos personagens.

A serie de artigos Progrssões Selvagens faz o mesmo com modelos, quebrando cada uma em um numero de níveis de classe igual ao seu ajuste de nível. Esse tratamento permite a um personagem adquirir um podelo para progredir nesses níveis de classe como se eles fossem níveis da casse de personagem, assim mantendo o mesmo nível relativo de poder com os outros personagens em seu grupo. O jogador da classe modelo ganha habilidades a cada nível, assim como os outros personagens fazem, e sua presença não causa problemas de equilíbrio para o narrador.

Esta serie de artigos irá cobrir todos os modelos apresentados no Livro dos Monstros – inerentes como os adiquiridos. Depois no final das contas, casos também poderiam surgir em modelos inerentes, que significa que estão presentes dede o nascimento de um personagem, não obstante poderiam ser adquiridos no meio do jogo. Por exemplo, um guerreiro poderia se submeter a um processo mágico que o saturaria com a essência de um dragão, enquanto lhe permite ganhar níveis na classe modelo meio-dragão da escolha dele. Ou um clérigo poderia executar uma missão para a igreja dele para ganhar níveis na classe modelo celestial. Os mesmos problemas de equilíbrio podem acontecer em casos como estes, desde que modelos herdados também tem ajustes nivelados, assim o mesmo processo é aplicável.


Regras Gerais para classes modelo

As seguintes regras se aplicam a “versão classe” de qualquer modelo:

• Um personagem pode pegar um nível na classe modelo desde que o Dm aprove que o personagem tenha XP suficiente pra ganhar um nível.

• O DM pode desejar exigir uma cerimônia apropriada, busca, ritual ou experiência antes de permitir que um personagem ganhe níveis em um modelo inerente. A mesma opção também se aplica a personagens que querem ganhar níveis em um modelo adquirido sem uma fonte apropriada (como ser atacado por um homem–javali para adquirir o modelo homem-javali.

• Classes modelos seguem as regras normais para aquisição de modelos de acordo com o tipo de criatura. Por exemplo, o homem-javali pode ser adicionado apenas por tipo humanóide e giagantes. Assim, um personagem meio-dragão (aquele modelo inerente já tenha o tipo dragão) não pode pode pegar níveis da classe homem-javali.

• Diferente das regras normais de modelos dadas no livro dos mosntros (veja adicionando mais que um modelo, Livro dos monstros pág 294), estas regras variantes do sistema permitem a um personagem ganhar níveis em um modelo adquirido, se desejado. (em efeito, estas regras tornam todas as classes inerentes em classes adquiríveis que tem circunstancias especiais para a aquisição mais tarde na vida do personagem.

• O mestre poderia proibir certas combinações redundantes de monstros e modelos. Por exemplo, não faz muito sentido um Arconte ganhar modelos celestiais ou meio-celestiais. Desde que ele já é do tipo celestial.

• Um personagem não pode pegr níveis em uma classe modelo se ele jah possui aquele modelo e ou se ele pegou todos os níveis nauela classe modelo. Por exemplo um homem-javali natural (um personagem que jah tem o modelo inerente homem-javali) não pode pegar níveis na classe modelo homem-javali.
Personagens nãosão obrigados a completar todos os níveis da uma classe modelo em sucessão initerrupta. Por exemplo, um personagem que pegue níveis de homem-javali pode pegar um nível de guerreiro e um nível de ladrão (ou qualquer outra combinação de classe e nivies antes de pegar outro nível de homem-javali. Um personagem ainda precisa pegar o primeiro nível de home-javali antes de pegar o segundo, como numa classe normal.

• Cada nível em uma classe modelo aumenta o juste de nível do personagem em +1, como qualquer outro nível de classe.

• Níveis de classe Modelo podem ser perdidos devido a qualquer efeito ou circusntancia que poderia fazer um personagem perder níveis.

• Níveis em uma classe modelo não contam quando determinando se um personagem ganha penalidade de xp por multiclasse.

• Em alguns casos, uma certa habilidade de monstro apresentada no livro dos monstros para dar um modelo é dividida por 2 ou mais níveis de classe em uma classe modelo (freqüentemente limitada pela freqüência que pode ser usada uma habilidade no inicio). Alternativamente, podem ser introduzidas habilidades variantes para construir uma habilidade que é muito poderosa para um personagem de nível baixo. Nestas situações, a seção das característicasda classe modelo explica como a habilidade funciona a cada nível. Até que um personagem adquira todos os possíveis níveis em uma classe modelo, o jogo completo das habilidades relativas a àquele modelo particular funciona precisamente como a habilidade normal descrita no Livro dos Monstros.
Exemplo: Na classe de modelo de vampiro apresentada abaixo, a classe de modelo tem habilidades chamadas alterar forma (menor) e alterar forma (maior). A descrição da habilidade de alterar forma dada a descrição de classe explica que o vampiro tem acesso inicialmente a só duas das formas normais do vampiro (morcego e lobo), mas eventualmente poderá assumir as outras duas formas (morcego atróz e lobo atróz), como descrito no Livro dos Monstros.

• Diferente das classes padrão (e as classes monstros do Espécies Selvagens), muitas das classes modelo não aumknetam os dados de vida, bônus de ataque base, base da resistência e pontos de pericias com nível. Eles também não são afetam quando um personagem adquire talentos, desde que os talentos são baseados nos DVs não no ADN. Porem alguns destes aspectos do personagem podem ser indiretaqmente afetados pelas alterações nos dados de vida. Valores de abilidades, ataques especiais ou qualidades, talentos bônus, e assimpor diante.

Lobisomem

Nenhum comentário:

Postar um comentário